Representantes Comercial: Pr Gilmar (31) 98719-4997 Eng° Moysés | (31) 3827-2297 | (31) 9 8428-0590 valeonbrasil@gmail.com

Aluno de escola pública de Ipatinga conquista medalha de ouro em olimpíada de matemática

Aluno de escola pública de Ipatinga conquista medalha de ouro em olimpíada de matemática

Gabriel Victor é aluno do 9º ano da Escola Estadual Engenheiro Márcio Aguiar da Cunha, localizada no bairro Horto, em Ipatinga

Calcular números ou decorar fórmulas de matemática pode ser um desafio para muitas pessoas, principalmente para aquelas que sempre recorrem à ajuda de uma calculadora. Já para Gabriel Victor Kaizer de Carvalho, de 15 anos, trabalhar com números nunca foi um problema, tanto que conquistou medalha de ouro na 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), e tornou-se o único aluno de escola pública da Região Metropolitana do Vale do Aço a realizar tal feito, nessa edição. Gabriel Victor é aluno do 9º ano da Escola Estadual Engenheiro Márcio Aguiar da Cunha, localizada no bairro Horto, em Ipatinga. Ele mora no bairro Amaro Lanari, em Coronel Fabriciano. Em entrevista ao Diário do Aço, o estudante relatou a alegria que sentiu quando descobriu que era medalhista de ouro na OBMEP, realizada em duas etapas, que ocorreram nos meses de maio e setembro desse ano. “Eu fiquei muito feliz por essa conquista. Eu me lembro que tinha acabado de almoçar, quando um amigo me ligou me parabenizando. Foi um momento de grande euforia, porque eu não estava esperando ganhar medalha de ouro, já que a prova foi bem difícil. Tinha expectativa de conquistar no máximo uma medalha de prata”, afirmou. Participações Essa não foi a primeira olimpíada de matemática que Gabriel participou, foi a quarta, conforme ele enumerou. “Quando eu estava no sexto ano, eu participei pela primeira da OBM. Fiz a primeira fase, mas não passei. Já no ano seguinte, eu consegui a medalha de prata. Quando estava no oitavo ano, não passei para segunda fase de novo. E nessa edição, consegui a de ouro. Agora irei aguardar a cerimônia da entrega da medalha, que ainda será marcada”, contou. Dicas O estudante também apontou quais fatores foram importantes para que ele pudesse ir bem na OBMEP. “Além de receber muito apoio da direção da escola e dos professores, no momento da prova eu mantive a calma e administrei o meu tempo para fazer as questões. Isso evitou que eu ficasse afobado. Portanto, as dicas que passo para os alunos que vão participar da olimpíada de matemática são: manter a calma e estudar as provas dos anos anteriores”. Orgulho Para os pais de Gabriel, Stael Mota Kaizer e Agnaldo Kaizer de Carvalho, essa conquista da medalha de ouro foi motivo de muito orgulho. Conforme Agnaldo, foi uma das maiores alegrias que já teve em sua vida. “Quando eu recebi essa notícia, fiquei muito feliz. E depois quando eu descobri que ele foi o único da Região Metropolitana do Vale do Aço, de escola pública, a conquistar medalha de ouro, fiquei mais feliz ainda”, contou. Professora Fernanda Belo Silva e Gabriel Victor “Menino de ouro” A professora de Matemática que leciona para Gabriel, Fernanda Belo Silva, também comemorou essa vitória. “Fiquei muito orgulhosa, principalmente por ter participado da base do conhecimento matemático do Gabriel. Ele foi meu aluno no sétimo ano, quando recebeu medalha de prata na OBM, e desse ano, quando foi medalhista de ouro. Ele sempre despontou. Às vezes, até peço que ele me auxilie com alguns alunos que tem mais dificuldade. É um menino de ouro”, pontuou. (Repórter – Tiago Araújo)
Fonte: Diário do Aço

 1 total views,  1 views today

Compartilhe com sua rede!