Representantes Comercial: Pr Gilmar (31) 98719-4997 Eng° Moysés | (31) 3827-2297 | (31) 9 8428-0590 valeonbrasil@gmail.com

Região Metropolitana do Vale do Aço tem 11 pacientes curados de coronavírus

Conforme já divulgado pela médica infectologista Carmelinda Lobato, não é preciso fazer outro exame para ter certeza de que o paciente que testou positivo está curado do coronavírus

Wôlmer Ezequiel Não é feito outro exame pelos profissionais da saúde para diagnosticar que o paciente está curado da Covid-19 Desde o primeiro surgimento de caso do novo coronavírus (Covid-19), a Região Metropolitana do Vale do Aço já teve 17 pacientes que testaram positivo para a doença, até o momento. Desse total, 11 foram considerados curados e já cumpriram quarentena.
O caso de cura mais recente foi em Coronel Fabriciano, divulgado nesta terça-feira (14). Trata-se de um paciente de 43 anos, residente do Rio de Janeiro, e que foi para casa da família no município do Vale do Aço.
A administração municipal informou que o paciente está bem e foi liberado da quarentena. Balanço Em Ipatinga, o município já teve seis pacientes que testaram positivo para Covid-19, dos quais, quatro já estão curados. Em Coronel Fabriciano, foram confirmados três casos, dos quais, dois estão curados. Já Timóteo contabiliza sete casos confirmados e quatro curados.
Enquanto Santana do Paraíso tem um caso confirmado e um curado. Todos esses dados foram baseados nas informações divulgadas pelos governos municipais até o fechamento desta edição. Ausência de sintomas Conforme já divulgado pela médica infectologista Carmelinda Lobato, não é preciso fazer outro exame para ter certeza de que o paciente que testou positivo está curado do coronavírus.
Segundo a profissional, é levado em consideração a ausência de sintomas da Covid-19, após o período de quarentena, o que significa que o paciente já desenvolveu imunidade. Estado Conforme o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), divulgado nesta terça-feira (14), Minas Gerais já registrou 884 casos confirmados de coronavírus e 27 óbitos pela doença.
O boletim também aponta que a faixa etária, no Estado, com o maior número de casos é entre 30 e 39 anos, que concentra 234 casos. Enquanto a faixa etária que tem maior número de óbitos é acima de 60 anos, concentrando 23 óbitos confirmados pela Covid-19. Já o município de Minas Gerais que apresenta o maior número de casos confirmados é Belo Horizonte, com 367. Já o segundo é Juiz de Fora, que tem 74. E o terceiro é Uberlândia, com 57.

VALEON É TOP – UMA STARTUP MARKETPLACE DE IPATINGA-MG
Encontre Produtos, Profissionais e Serviços em toda região do
Valeo do Aço
App Android valeon

Encontre o que você procura!

Procurando produtos, profissionais ou serviços especializados?

show blocks helper

 3 total views,  1 views today

Compartilhe com sua rede!