Representantes Comercial: Pr Gilmar (31) 98719-4997 Eng° Moysés | (31) 3827-2297 | (31) 9 8428-0590 valeonbrasil@gmail.com

“Como será o mercado de trabalho no “novo normal”

Estudo identifica os principais impactos da crise na rotina e na configuração dos negócios

Muitas pessoas, em todo o mundo, têm se questionado sobre quando o
mercado de trabalho voltará ao normal. Mas a questão é: o que era normal
era bom? Um estudo feito pela consultoria Have Her Back, com
profissionais norte-americanos de empresas de pequeno e médio porte,
identificou como a crise do novo coronavírus tem impactado pessoas e
empresas e como isso deve influenciar o futuro do trabalho.
Com os recursos financeiros reduzidos, pais de família têm feito
malabarismo para conseguir pagar as contas – e têm sido os maiores
responsáveis em cuidar dos filhos nesse momento. De acordo com o
estudo, 31% dos pais relataram o “cuidar” durante a quarentena como
“extremamente difícil”, em comparação com 14% das mães. E isso tem
uma explicação.
Dos pais entrevistados, 38% disseram que passaram a cuidar mais dos
filhos nesse período, e esse dado se conecta diretamente ao fato de que
76% dos empregos na área de saúde nos Estados Unidos pertencem a
mulheres – sendo que 85% são da área da enfermagem. Logo, as mães
saem para trabalhar, e os pais ficam em home office.
A consultoria responsável pela pesquisa afirma que os pais voltarão para o
trabalho com outros tipos de pensamento em relação ao papel da mulher no
ambiente corporativo – bons e progressistas ou ruins e carregados de
estereótipos -, pois o cuidado paternal se tornou uma realidade pandêmica.
Os pais que trabalham remotamente durante a crise e são líderes de
empresas tiveram a oportunidade de colocar uma lupa sobre as questões de
preconceito contra mulheres no mercado de trabalho nos Estados Unidos.
Algo que comprova isso é que 87% dos pais concordam que as mulheres
terão mais oportunidades profissionais no pós-crise, principalmente depois
de terem filhos, por causa do trabalho remoto.
O texto diz que líderes de empresas deverão repensar suas escolhas depois
dessa experiência: o que eles priorizaram antes da crise pode parecer muito
diferente agora e no futuro. Quando perguntados sobre quais benefícios os
entrevistados desejavam ter, e suas empresas não estavam fornecendo, 36%
das mães e 27% dos pais desejam um horário de trabalho mais flexível.
Vinte por cento das mães e 40% dos pais querem a capacidade de trabalhar
remotamente.
E a discussão vai além do “cuidar dos filhos”. O estudo identificou que
mulheres (29%), negros (27%), millennials (26%) e boomers (25%) são os
mais propensos a ficar insatisfeitos com as políticas atuais de home office
de suas empresas.
No entanto, quando perguntados se eles acham que o resultado da crise
mudará a maneira como as pessoas trabalham no futuro, 88% dos
entrevistados disseram que as empresas que apoiaram e cuidaram de seus
funcionários durante esse período serão os empregadores preferenciais no
futuro, 87% disseram que mais pessoas preferirão trabalhar remotamente e
81% disseram que horários flexíveis serão mais importantes.
O estudo constatou que cerca de metade dos entrevistados consideraria
mudar de emprego como resultado de como o empregador lida com a crise.
E 90% das mulheres, 89% das mães e 80% dos negros teriam menos
probabilidade de trabalhar para uma empresa que trata mal os funcionários
durante esse período, contra 70% dos homens e 60% dos pais.
A Have Her Back acredita que a pandemia tenha feito surgir uma nova
geração de responsabilidade social corporativa, focada em olhar para
dentro. Haverá novas réguas para medir o que as empresas fazem quando
se trata de equidade, diversidade e inclusão de gênero, bem como ações que
adotam para promovê-las.
A conclusão do estudo é que voltar à maneira como as coisas eram não é a
resposta para entrar no novo normal. As empresas que colocarem seus
funcionários em primeiro lugar agora terão a melhor oportunidade de
transformar sua força de trabalho nos próximos anos.

“O futuro pertence aos que assumem risco, não aos que buscam segurança. Quanto menos você busca segurança e mais busca oportunidade, mais segurança você terá.” – Brian Tracy

VALEON É TOP – A SUA PLATAFORMNA ONLINE DE DIVULGAÇÃO Site: https://valedoacoonline.com.br/ ou App Android Valeon Entre em contato conosco: Fones: (31) 3827-2297 / (31) 98428-0590 / (31) 99265-6391 OU valeonbrasil@gmail.com

 

Encontre o que você procura!

Procurando produtos, profissionais ou serviços especializados?

show blocks helper

 3 total views,  1 views today

Compartilhe com sua rede!